Itaipu e PTI formalizam grupo de trabalho para difundir o IQP no sudoeste do Paraná

Itaipu e PTI formalizam grupo de trabalho para difundir o IQP no sudoeste do Paraná

07/02/2019

A Itaipu Binacional, o Parque Tecnológico Itaipu (PTI) e a Federação Brasileira de Plantio Direto na Palha e Irrigação formaram um grupo de trabalho com entidades e associações representativas a fim de difundir o Sistema de Plantio Direto com qualidade na região sudoeste do Paraná, por meio da aplicação do Índice de Qualidade Participativo (IQP), já adotado em municípios do oeste. A formalização do grupo foi celebrada na tarde desta quarta-feira (6), durante o Show Rural Coopavel, em Cascavel. 

 

Na ocasião, também foi assinado um documento que oficializa o termo de intenções com os parceiros, como Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), sindicatos, universidades e centros de pesquisa. 

 

SPD

 

O Sistema Plantio Direto (SPD) é um sistema de manejo de solo, que visa a conservação do solo e da água dos ecossistemas agrícolas, diminuindo o risco de erosão. Este é um sistema que se baseia em três princípios: a rotação de cultura, o não revolvimento do solo e a formação e manutenção da palha e demais restos culturais deixados na superfície do solo, e, o Brasil, é um dos líderes em produção agrícola com o Sistema Plantio Direto, o que contempla uma área total de 32 milhões de hectares neste sistema. 

 

O Paraná, é estado pioneiro no desenvolvimento e uso do Sistema Plantio Direto no país e a Itaipu e o PTI têm investido na formação de grupos de trabalho “para identificar parceiros potenciais com expertise técnica para avaliar o IQP”, pontua o analista ambiental do Parque Tecnológico Itaipu, Cassio Wandscheer. 

 

IQP

 

O IQP é resultado de uma parceria entre a Itaipu, o PTI e a Federação Brasileira de Plantio Direto, projeto que iniciou a primeira fase entre 1997 e 2006 e depois entre 2009 e 2012, quando diagnosticou os obstáculos tecnológicos do Sistema de Plantio Direto na região lindeira ao reservatório de Itaipu e validou as tecnologias correspondestes às soluções necessárias. De 2014 para cá, o projeto se baseou na validação técnico-científica do IQP na região da Bacia Hidrográfica do Paraná 3 e Oeste Paranaense, por meio de discussões com parceiros e aplicação com produtores rurais.

 

Para o diretor superintendente do PTI, Jorge Augusto Callado, a formação do grupo do sudoeste para o IQP é mais uma consolidação das ações do Parque, “no sentido de utilizar inovação e tecnologia para melhorar a produção agrícola, consequentemente, a eficiência dos processos”.

 

Para outras informações sobre o Sistema de Plantio Direto e o projeto IQP desenvolvido pela Itaipu e PTI podem ser acessadas pela página oficial: (plantiodireto.org) e pelo e-mail: (plantiodireto@pti.org.br).

 

Foto: Alexandre Marchetti