Transformar conhecimentos e tecnologias em

 

soluções para o progresso da sociedade

Prefeitura, Unioeste e PTI lançam o aplicativo CovidPR nesta quarta-feira (29)

Prefeitura, Unioeste e PTI lançam o aplicativo CovidPR nesta quarta-feira (29)

29/04/2020

A Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu, a Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) e o Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR) lançam nesta quarta-feira (29) o aplicativo CovidPR, uma tecnologia desenvolvida para integrar a população, os profissionais de saúde e os gestores no enfrentamento ao Coronavírus.

 

O sistema será apresentado pelo vice-prefeito e secretário de saúde, Nilton Bobato, pelo Prof. Me. Antonio Marcos M Hachisuca, do curso de Ciência da Computação da Unioeste e pelo diretor superintendente do PTI, General Eduardo Garrido durante uma live, às 18h30, na página da Prefeitura pelo Facebook.

 

“Esse é mais um grande passo no enfrentamento à COVID-19. Aliar a tecnologia aos processos de saúde pública é um importante avanço e também um diferencial para prevenção da doença e na prevenção de crises. Continuamos no caminho certo e agradecemos a todos os parceiros que estão comprometidos em superar essa pandemia”, enfatizou Bobato.

 

O diretor superintendente do PTI, general Eduardo Garrido, destacou a importância de ações conjuntas para o enfrentamento da pandemia. “No momento em que os esforços são somados para propor soluções para o enfrentamento da COVID 19, o Parque Tecnológico de Itaipu, por intermédio dos seus Centros de Competência e com o trabalho de seus colaboradores, contribui para o desenvolvimento do presente aplicativo que se transforma em mais uma ferramenta para combatermos esse inimigo invisível. Juntos somos mais fortes e atravessaremos esse período de turbulência”, detalhou Garrido.

 

Aplicativo

 

O aplicativo foi desenvolvido com apoio da Startup STAC, além de estudantes e egressos da Unioeste. O PTI também disponibilizou a infraestrutura do Data Center Tércio Parcitti para hospedar a solução.

 

Adaptado às necessidades locais, o software poderá ser utilizado tanto pela população – realizando a autoavaliação diária e acessando as informações – quanto por agentes de saúde, como uma ferramenta de apoio, possibilitando o acompanhamento remoto dos sintomas das pessoas que utilizarem o app, incluindo recomendações sobre a necessidade de encaminhamento ao hospital ou quarentena domiciliar.

 

O CovidPR é de fácil utilização e, com poucos cliques, o usuário consegue registrar dados pessoais, sintomas e a localização atual através do georreferenciamento. Essas informações podem auxiliar os agentes de saúde no monitoramento dos casos subnotificados, identificar novos casos suspeitos e os locais com maior risco de acordo com os sintomas informados no cadastro. Portanto, um instrumento essencial para evitar a proliferação viral, seguindo as orientações de profissionais capacitados no direcionamento dos usuários sobre as recomendações de prevenção e o como se comportar em caso de suspeita.

 

No menu “Notícias” é possível acessar informações oficiais e atualizadas, evitando a disseminação de notícias falsas (fake news) sobre o tema.

 

Especial: