PTI recebe comitiva de credenciamento do Sistema Estadual de Parques Tecnológicos

PTI recebe comitiva de credenciamento do Sistema Estadual de Parques Tecnológicos

19/07/2019

Integrantes da Secretaria da Fazenda do Estado do Paraná,  do Conselho Estadual de Parques Tecnológicos (Cepartec) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) estiveram no Parque Tecnológico Itaipu, na última quarta-feira (17).  O objetivo da visita técnica foi o credenciamento de informações que farão parte do Sistema Estadual de Parques Tecnológicos (Separtec) – que encontra-se em fase de implantação. 

 

O Separtec é uma iniciativa do Governo do Estado para centralizar as instituições em um ambiente que estimule a participação dos pesquisadores paranaenses, para o desenvolvimento de estudos que venham ao encontro das necessidades do setor produtivo, refletindo no desenvolvimento econômico-social do Paraná, além de nivelar o conhecimento dos parques estaduais. 

 

Em um levantamento inicial foram identificadas 18 iniciativas de parques tecnológicos no Paraná, em diversas fases de maturidade.

 

Segundo José Maurino, secretário-executivo do Separtec, o credenciamento destes parques contribuirá para que as instituições possam receber recursos e incentivos previstos na política estadual de ciência, tecnologia e inovação e nas diferentes linhas de crédito disponíveis.
 “Queremos estabelecer uma engenharia financeira, ou seja, para todos ecossistemas de inovação existem financiamentos disponíveis. Pretendemos mostrar os caminhos e capacitar os responsáveis  sobre como acessar esses recursos através de projetos inovadores”, completou Marino.

 

De acordo com o diretor técnico do PTI, Rafael José Deitos, ao preencher o formulário do Sistema de Credenciamento e Avaliação dos Parques Tecnológicos no Estado do Paraná cria-se uma expectativa para a classificação do nível de maturidade da instituição, a partir dos critérios de avaliação de um agente externo. 

 

“Integrar o Separtec nos ajudará na melhor compreensão da nossa maturidade diante dos demais parques, além de integrar uma importante rede de contatos para possíveis parcerias”, explicou Rafael Deitos.

 

 

 

Sobre o SEPARTEC

 

O Governo do Estado do Paraná instituiu o Sistema Estadual de Parques Tecnológicos - por meio do Decreto 9.194//2018. O objetivo foi constituir um instrumento articulador e incentivador dos diversos atores da ciência e tecnologia do Paraná, responsável por propor políticas e criar um ambiente favorável ao desenvolvimento da inovação no Estado, com foco nos parques tecnológicos.

 

O Sistema está estruturado em três níveis de governança: estratégico, tático e operacional. No nível estratégico, com o Conselho Estadual de Parques Tecnológicos, presidido pelo governador de Estado, é composto por 40 entidades representativas do governo, das universidades, do setor produtivo empresarial, institutos de pesquisas e fomento.

 

O nível tático gerencial, com o Grupo Técnico de Trabalho (GT/Permanente), como uma instância de apoio técnico e assessoramento ao Conselho, responsável pela gerência dos trabalhos inerentes ao funcionamento do Separtec contando com a participação de mais de 60 técnicos especialistas em inovação.

 

O nível operacional está amparado pela Secretaria- Executiva, como uma estrutura responsável pela operacionalização das ações estratégicas.