Semana da Astronomia leva colaboradores do PTI a uma viagem pelo espaço

Semana da Astronomia leva colaboradores do PTI a uma viagem pelo espaço

10/12/2018

Das atividades rotineiras ao mundo da lua: esse foi o roteiro da “viagem” feita pelos colaboradores do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), por meio das sessões especiais do Planetário e de observação do Sol, realizadas pelo Polo Astronômico do PTI como comemoração do Dia da Astronomia. A data é celebrada oficialmente no dia 2 de dezembro, mas as comemorações foram estendidas ao longo da última semana, com momentos de descontração e aprendizagem para os habitantes do Parque.

 

A data oficial foi estabelecida pela Sociedade Brasileira da Astronomia, criada em 1947, conforme explicou o coordenador do Polo, Janer Vilaça. O dia 2 de dezembro foi escolhido como o Dia da Astronomia em homenagem à data de nascimento do imperador Dom Pedro II, considerado um astrônomo amador e patrono da astronomia brasileira, completou Janer.

 

A ação também foi organizada em virtude da nova aquisição do Polo Astronômico: o telescópio Solar Lunt H-alpha de 100mm. Com capacidade de captar imagens do Sol com maior nitidez, o objeto permitiu um aumento das sessões de observação do céu em 50%. Antes, elas eram ofertadas  apenas no período noturno.

 

O telescópio foi estreado em uma sessão especial de observação do Sol na quarta-feira (5), aberta para todos os habitantes do Parque por um período de duas horas. 

 

 

Viagem espacial

 

Na segunda-feira (3), o Polo promoveu uma sessão especial do Planetário, que envolve os participantes em uma viagem pelo espaço, pontuando alguns dos principais planetas e estrelas que compõem o sistema solar. 

 

A estudante de Arquitetura, Mayara Camargo, que trabalha no PTI há cinco anos, confessou ser sua primeira vez no atrativo, mas foi positivamente surpreendida. “Foi uma experiencia incrível, combinando história, astronomia, cultura, entretenimento e muita emoção. Impossível não se impressionar com a qualidade da estrutura do Polo”, avaliou Mayara. 

 

Mayara reforçou ainda que, em meio às demandas do dia a dia, acaba por esquecer das oportunidades que os colaboradores possuem de vivenciar as atrações do Parque. “Esqueci que estava em uma sala no meio da tarde. Viajei completamente pelo universo”, ela destacou.

 

O monitor João Carlos, que acompanhou a sessão, comentou sobre a alegria que sente ao levar esse trabalho para a comunidade. “Gostamos muito de ver nos olhos das pessoas a satisfação por deixarem o atrativo com um conhecimento diferente da astronomia, que vai além do que podiam imaginar”.