Transformar conhecimentos e tecnologias em

 

soluções para o progresso da sociedade

Sistema Regional de Gerenciamento de Projetos é lançado em Cascavel

Sistema Regional de Gerenciamento de Projetos é lançado em Cascavel

09/05/2017

Quase o dobro dos participantes previstos inicialmente – 377 pessoas, quando eram esperadas 200 -, completaram a primeira etapa da Especialização em Gestão Pública e Gerenciamento de Projetos, destinada a servidores e lideranças das prefeituras que compõem a Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop). Uma palestra com a Mestre em Administração e Especialista em Gerenciamento de Projetos, Joseane Zoghbi, no Auditório da Amop, em Cascavel, nesta terça-feira (9), simbolizou o fim desta etapa e o lançamento do Sistema Regional de Gerenciamento de Projetos, do qual esses profissionais farão parte. 

 

A palestra “Aplicabilidade do Gerenciamento de Projetos na Gestão Pública”, ministrada por Joseane durante a manhã; e uma reunião do diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Luiz Fernando Vianna, com os prefeitos da Amop, em que foi feita a assinatura simbólica do termo de adesão ao Sistema Regional de Gerenciamento de Projetos representaram o lançamento dessa rede, que é fruto do Programa de Fortalecimento da Gestão Pública, da Itaipu Binacional, e desenvolvido por meio de uma parceria com a Fundação Parque Tecnológico Itaipu (Fundação PTI), a Amop, e os municípios, por meio de funcionários capacitados a trabalhar com gerenciamento de projetos. 

 

O objetivo desse sistema é dinamizar os projetos da região Oeste do Paraná, fazendo com que os municípios, através de um Núcleo de Projetos Municipais constituído em cada prefeitura,  troquem informações para aumentar a arrecadação de recursos federais e estaduais destinados ao investimento no desenvolvimento do território. “Cada prefeitura com seu núcleo será um nó dessa rede e vai ser portadora de experiências que vai colocar à disposição de todos os outros núcleos; e também receberá essas informações”, ressaltou o gestor do programa de Fortalecimento da Gestão Pública da Itaipu, João José Passini. 

 

Passini explicou ainda que as prefeituras que aderirem ao sistema receberão consultorias para a criação desses núcleos e elaborar os projetos. A intenção, segundo ele, é tornar a região Oeste referência em gerenciamento de projetos na gestão pública em todo o Brasil. 

 

O diretor técnico da Fundação PTI, Claudio Issamy Osako, pontuou que entre as etapas do gerenciamento de projetos, que envolvem capacitação, ferramentas e prática, está a cultura. “As pessoas não estão acostumadas a ter atividades, a ter cronograma e custo definido. Elas precisam acreditar que planejar é muito melhor do que ficar refazendo, que é o dobro do trabalho”, disse. Embora essa mudança de cultura não seja da noite para o dia, conforme Osako, deve ser iniciada. “Isso significa, no final, mais sucesso para os projetos, mais recursos para o nosso território e, se os projetos tiverem sucesso, tudo anda melhor”. 

 

“O momento é histórico e representa um grande avanço na luta travada pela Amop em aprimorar os conhecimentos dos servidores públicos dos 52 municípios associados”, disse o secretário executivo Vinicius Almeida, representando o prefeito de Matelândia e presidente da Amop, Rineu Menonci, sobre a criação da rede.

 

Especialização voltada ao Sistema Regional de Gerenciamento de Projetos

 

Das 377 pessoas que encerraram nesta semana a primeira etapa da especialização, o curso semipresencial “Fundamentos do gerenciamento de projetos”, 150 serão selecionadas para a segunda etapa, conforme critérios previamente estabelecidos. Em outubro acontecerá o encerramento dessa segunda fase, com oficina de apresentação dos projetos desenvolvidos.

 

Para a terceira etapa serão 30 vagas, voltadas para concluintes da fase anterior. Os participantes que finalizarem todas as etapas receberão o título de Especialistas em nível Lato Sensu em Gestão Pública e Gerenciamento de Projetos, conferido por instituição de ensino superior registrada no Ministério da Educação (MEC).