Thiago Lied, o advogado que ajuda crianças e adolescentes a começarem "Com o Pé Direito"

Thiago Lied, o advogado que ajuda crianças e adolescentes a começarem "Com o Pé Direito"

Desde agosto de 2018, as manhãs de sábado vêm ganhando um novo significado para Thiago Lied, da Assessoria Jurídica do Parque Tecnológico Itaipu (PTI). Por algumas horas, os trajes formais e o “juridiquês” característico da lida profissional são deixados de lado para atender as crianças e adolescentes do projeto “Com o Pé Direito”, do qual faz parte do time de voluntários. 
    
O projeto, promovido pela organização não-governamental Advogados pela Infância (criada por Thiago em 2009), tem como objetivo oferecer uma oportunidade para o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes socialmente vulneráveis por meio do esporte e de atividades multidisciplinares. “Queremos trabalhar cidadania utilizando o futebol como uma iniciativa educacional”, explica.
    
As atividades acontecem na sede da Associação dos Assistidos da Fundação Itaipu-Brasil (AAFI-BR), na Vila A, sempre das 9h às 11h, começando um café da manhã oferecido por voluntários e comerciantes da cidade, seguido por oficinas temáticas. “Já tivemos atividades sobre Educação Ambiental, compostagem, reciclagem, artes, alimentação saudável, direito das crianças e adolescentes, artesanato, entre outras”, cita. 
    
Depois disso é que eles seguem para os campos de futebol, onde são divididos de acordo com a faixa etária, e partem para dribles, chutes e gols. “O esporte tem essa capacidade de mostrar uma direção para as pessoas. Ainda que a criança não se torne um jogador de futebol, pode ter uma vida saudável e conquistar um espaço na sociedade".
    
Mas, para que tudo isso dê certo, Thiago conta com uma verdadeira “seleção” de profissionais com diferentes habilidades. Muitos desses “convocados” são da própria família. “Todo mundo ajuda como pode. Meu irmão Lucas (também colaborador do PTI, da área de Infraestrutura e Obras) foi quem fez a nossa logo, por exemplo, a minha esposa é educadora física, a sogra é enfermeira, etc”, conta. Os quatro meses de projeto já foram suficientes para mostrar que o voluntariado vale a pena. “Depois que começamos o projeto, sentimos que estamos realmente fazendo algo que faz a diferença na vida das pessoas”. 
    
Neste começo de ano, as atividades deram uma pausa para o período de férias escolares, mas já devem ser retomadas em fevereiro. Atualmente, cerca de 40 crianças e adolescentes participam do projeto, que tem a expectativa de ser ampliado. “A nossa intenção é que o projeto conquiste cada vez mais o coração das crianças e das famílias. O desejo é que os que estão com a gente continuem e, na medida do possível, tenhamos mais crianças e voluntários”, conta. 
    
Se você ficou interessado em participar do projeto “Com o Pé Direito”, seja como voluntário ou realizando doações, esse “time” está com vagas abertas. “Precisamos de ajuda principalmente na parte de oficinas. Todos os sábados queremos trazer temas novos para eles conhecerem. É muito bacana que eles conheçam diferentes profissões, atividades e assuntos”, explica. Mais informações podem ser obtidas com o próprio Thiago, pelo e-mail thiago.lied@pti.org.br.