Turma de MBA do PTI é pioneira em formação ativa voltada à sustentabilidade

Turma de MBA do PTI é pioneira em formação ativa voltada à sustentabilidade

01/02/2019

A turma de Master Business Administration (MBA) franco-brasileiro em Sustentabilidade do Território Urbano - Susciter  está em reta final. O grupo do PTI será pioneiro em formação ativa voltada à sustentabilidade urbana e transição para a sustentabilidade de cidades e territórios. Os alunos se preparam para concluir o curso neste primeiro semestre de 2019, com a defesa das monografias.

 

A metodologia do curso é aplicada através de “ateliês” e imersões, com professores brasileiros e franceses, a fim de “fazer a transição para uma sociedade sustentável levando em conta os aspectos ambientais, sociais e econômicos”, define uma das alunas do curso e gestora do Laboratório de Sustentabilidade Urbana do PTI, Adriana Brandt. 

 

Conforme o diretor do Parque Tecnológico Itaipu, Jorge Augusto Callado Afonso, “esse laboratório, em breve, terá ações conjuntas com o nosso living LAB, a unidade de Cidades Inteligentes do PTI, como auxílio aos gestoras na elaboração e execução de políticas públicas”.

 

De acordo com Brandt, essa turma já se molda pela nova definição de sustentabilidade, que adicionou, nos últimos anos, os pilares “Paz” e “Parcerias” junto às demais (Economia, Meio Ambiente e Sociedade). Em janeiro, além dos alunos que se encaminham para a conclusão do curso, novos alunos, da turma 2019/2020, participou do módulo especial cujo foco é o crescimento sustentável da região trinacional. 

 

Durante esse “módulo coringa”, o professor convidado foi o geólogo Jacques Brégeon, da instituição francesa Uni LaSalle, que avaliou a importância desse curso para a região trinacional. “É um território excepcional, primeiramente pela qualidade dos lugares, como Cataratas do Iguaçu, a barragem de Itaipu, mas que expressou a necessidade de passar pela educação, entendendo que ela é a base da nova cultura, que é o desenvolvimento sustentável. Este curso é totalmente útil e vai no sentido da construção do território sustentável”, apontou. 

 

A especialização promovida por meio do Laboratório de Sustentabilidade Urbana do PTI tem como objetivo trabalhar de forma prática um dos principais temas da sustentabilidade urbana - a atratividade -, por meio do tratamento de investidores e empreendedores de base sustentável. Além dos especialistas estrangeiros, também participaram representantes dos municípios de Foz do Iguaçu, Medianeira, Cascavel, Toledo, Marechal Cândido Rondon e Guaíra.