Transformar conhecimentos e tecnologias em

 

soluções para o progresso da sociedade

VILA A INTELIGENTE: Programa é apresentado para Iguassu Valley 

VILA A INTELIGENTE: Programa é apresentado para Iguassu Valley 

12/03/2021

Núcleo do Iguassu Valley pretende realizar visita técnica às instalações das tecnologias no Vila A Inteligente

 

Entrando na segunda fase do programa, o primeiro bairro público inteligente do Brasil, o Vila A Inteligente, é tema de debates e divulgação. Nesta semana, o gerente do Centro de Tecnologias Abertas e Internet das Coisas (IoT) do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Willbur Rogers de Souza, encerrou um ciclo de palestras online para integrantes do núcleo de tecnologia do Iguassu Valley. O núcleo faz parte das ações de apoio ao empreendedorismo da Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (ACIFI).

 

Nesse encontro, Willbur tratou de conceitos técnicos, mas que  trazem maior entendimento sobre a aplicabilidade das tecnologias instaladas no bairro. 
“Importante ressaltar que, em termos de Sandbox, o Vila A Inteligente é o primeiro bairro público, na linha de cidades inteligentes, do País. Existem outras iniciativas após a nossa, mas ainda muito em estágios iniciais. O nosso está avançado em termos de reuniões e tecnologias implementadas”, comemorou. 

 

Willbur ainda lembrou que o pioneirismo traz um desafio não só para a área de tecnologia e inovação, mas também no aspecto de legislação. Isso porque com a criação do programa também se instituiu um comitê gestor, que tem o poder de regulamentar as tecnologias instaladas no bairro. “Digamos que uma normativa municipal inviabilize a vinda de uma lixeira inteligente, por aspectos ambientais ou de recuo de calçada, por exemplo. Trazendo para o comitê Sandbox (ambiente de testes), uma vez aprovada a tecnologia, o Comitê tem como atribuição indicar para o município a flexibilização da normativa”, explicou. 

 

Atualmente quatro empresas testam suas tecnologias no ambiente do Vila A Inteligente. Mas já existem outras empresas interessadas. 
A ideia é transformar o bairro em uma vitrine tecnológica para atrair mais empresas que atuam com o conceito de Cidades Inteligentes. “Queremos aproximar gestores públicos, forças de segurança e empresas com as soluções tecnológicas”, pontuou Wilbur. 

 

Ao final da apresentação, integrantes do núcleo Iguassu Valley se mostraram interessados em realizar uma visita técnica às tecnologias instaladas no bairro. 

 

"A apresentação foi excelente. Bastante relevante. Nos motivou a conhecer mais o projeto, a questão do Sandbox. E nós daremos sequência à esses contatos", afirmou, Mariangela Lückmann, voluntária Iguassu Valley Foz / Núcleo TI - Programa Empreender ACIFI. 

 

O que é Sandbox? 

 

O termo “SandBox” significa ambiente isolado, específico para testes. É um laboratório vivo. Uma espécie de vitrine para promover a competitividade e também dar visibilidade às novas tecnologias e inovações. Nesse ambiente são testadas e desenvolvidas novas tecnologias para atender às necessidades dos municípios e oferecer uma melhoria na qualidade de vida dos cidadãos.

 

Foz do Iguaçu tem o privilégio de ser o endereço do primeiro bairro público inteligente do Brasil. Isso só foi possível com o início do Programa Vila A Inteligente, que tem a participação do Parque Tecnológico Itaipu, Itaipu Binacional, Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), Copel e Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu.

Especial: